Item List

Bioimpedância

O exame de Bioimpedância tem a função de analisar a composição corporal, indicando a quantidade de massa muscular, densidade óssea, de gordura presente no organismo, valores de hidratação e taxa de metabolismo basal.

Análise precisa da composição corporal permite acompanhar a evolução do peso, resultados das mudanças estilo de vida e treinamento físico.

O acompanhamento seriado pode ser motivador para quem está no processo de perda de peso e otimização metabólica.

Avaliação de massa magra permite acompanhar desde jovens que estão focados na academia até idosos que estão em tratamento para baixa quantidade musculatura (Sarcopenia).

O exame leva cerca de 5 minutos e necessita de preparação indicada pelo médico.

Doppler de Carótidas

O que é Doppler de carótidas e vertebrais?
É um método de imagem, que utiliza ultra-som para avaliar em tempo real a anatomia e circulação nas artérias carótidas e vertebrais (que fornecem sangue para o cérebro). Não utiliza radiação. O paciente fica deitado com o pescoço inclinado em direção oposta ao lado que será examinado. No local examinado, aplica-se um gel e move-se um transdutor, que capta imagens em cortes transversais e longitudinais.
Para que serve?
Avaliação do fluxo de sangue nas artérias carótidas e vertebrais, auxiliando no diagnóstico de doença aterosclerótica, aneurismas, angulações, dissecções, arterites e outras afecções que podem acometer as artérias carótidas e vertebrais. Algumas indicações para realização do exame são: Pesquisa de placas de aterosclerose (gordura), estreitamentos destes vasos, espessamento da parede das artérias (espessamento médio intimal). Na investigação do Ataque isquêmico transitório (AIT), sopros na região cervical, acidente vascular cerebral, acompanhamento de pacientes com estenose carotídea e acompanhamento após angioplastia carotídea e endarterectomia.

Instruções para a realização do exame: nenhuma preparo é necessário.

Riscos: não há riscos específicos do procedimento.

Ecocardiograma

O que é ecocardiograma?
Ecocardiograma é um exame de ultrassonografia do coração que permite obter imagens do coração em movimento. Com ele é possível avaliar a estrutura do músculo e valvas cardíacas, a capacidade de contração e bombeamento (função sistólica) , a capacidade de relaxamento (função diastólica), o fluxo de sangue pelas valvas cardíacas através do mapeamento de fluxo a cores. Nos últimos anos houve um grande avanço na tecnologia dos equipamentos com melhora da qualidade de imagens obtidas e incoorporação de novos recursos que posicionaram o ecocardiograma como um exame básico e imprescindível na avaliação cardiológica.

Há multiplas modalidades e aplicações do ecocardiograma. Desde a avaliação do feto durante a gestação (Ecocardiograma Fetal), Ecocardiograma transtorácico (Repouso), Ecocardiograma de estresse físico ou Farmacológico com ou sem contraste (microbolhas), Ecocardiograma transesofágico, Ecocardiograma 3D, Ecocardiograma com Strain (Speckle tracking).

É um exame relativamente de baixo custo, boa resolutividade mas, é "técnico" e "equipamento" dependente , ou seja deve ser realizado por cardiologista com residência médica em ecocardiografia utilizando equipamentos modernos.

Quais são as modalidades de ecocardiograma?
Ecocardiograma transtorácico (adulto e pediátrico) : utilizado para avaliar a estrutura completa do coração, permite medir os diâmetros e volumes das câmaras cardíacas , a espessura e capacidade de contração e relaxamento do músculo cardíaco (miocárdio), avaliar o fluxo de sangue no interior do coração com detalhamento da função e competência das valvas, identificação de defeitos estruturais congênitos , de estruturas anormais no interior do coração como coágulos, tumores e sinais de infecção.

Ecocardiograma de estresse físico (cicloergômetro) com ou sem contraste: através de esforço fisico desenvolvido na bicicleta horizontal , aumenta-se o trabalho do coração que eleva a frequência cardiaca e pressão arterial. Avaliando a forma e intensidade da contração das paredes musculares do coração é possível identificar problemas na circulação pois com a obstrução coronária ou dificuldade de fluxo sanguineo as paredes do coração não se contraem de forma uniforme. É um exame seguro, que substitui muito bem o teste de esforço da esteira (teste ergométrico), apresenta capacidade de detecção de isquemia miocardica semelhantes à cintilografia miocardica (sem exposição à radiação), confortável para maior parte dos pacientes. Para melhora da qualidade de imagem pode-se utilizar microbolhas injetadas na veia periferica ("contraste" específico para coração).

Ecocardiograma de estresse farmacológico com ou sem contraste: a diferença para o ecocardiograma de estresse físico é que aqui o aumento de trabalho do coração é proporcionado não pelo esforço físico e sim por medicação (dobutamina) que administrada de forma continua durante o exame por bomba de infusão aumenta frequência cardíaca e a pressão arterial. Avaliando a forma e intensidade da contração das paredes musculares do coração é possível identificar problemas na circulação pois com a obstrução coronária ou dificuldade de fluxo sanguineo as paredes do coração não se contraem de forma uniforme. É um exame seguro, que substitui muito bem o teste de esforço da esteira (teste ergométrico), apresenta capacidade de detecção de isquemia miocardica semelhantes à cintilografia miocardica (sem exposição à radiação). Para melhora da qualidade de imagem pode-se utilizar microbolhas injetadas na veia periferica ("contraste" específico para coração).

Ecocardiograma transesofágico: é um exame que há necessidade de passar uma sonda de ultrassom flexível e maleável através da boca seguindo o caminho do alimento e posicionando-se no esôfago. O objetivo é detalhar melhor algumas extruturas cardíacas que pelo ecocardiograma transtorácico não é possível. Aplica-se este método geralmente na investigação de causas de AVC isquêmico (cardioembolico), na procura de trombos dentro das cavidades cardíacas, no detalhamento ou investigação de defeitos da parede atrial que permite anormal passagem de sangue entre atrio esquerdo e atrio direito, avaliações de dilatações ou problemas na aorta. É um exame geralmente rápido, tolerável, realizado em mais de 90% das vezes sem necessidade de sedação, utilizando-se apenas anestesia da boca e orofaringe com spray anestésico.

Ecocardiograma fetal: realizado através da parede abdominal da gestante e dirigido ao coração do feto em gestação, permite avaliar o coração intra-útero. A identificação precoce de problemas cardíacos ainda intra-útero muda o prognóstico das cardiopatias congênitas pois permite melhor programação do parto e do tratamento visando a maior segurança do recém nascido.

Ecocardiograma transtorácico com Strain (Speckle Tracking) - softwares específicos nos equipamentos modernos permitem avaliar a capacidade de deformação do músculo cardíaco de forma mais precisa o que tem favorecido a identificação de anormalidades da função do miocárdio mais precocemente ganhando grande aplicação no monitoramento de cardiotoxidade da quimioterapia no tratamento do câncer o que pode poupar sequelas cardíacas mudando a linha do tratamento. Também utilizado na avaliação do sincronismo cardíaco indicando aqueles pacientes que pode melhorar a insuficiência cardíaca utilizando de marcapassos específicos (multissítio).

Eletrocardiograma

O eletrocardiograma é um exame que permite a avaliação elétrica da atividade cardíaca (eletricidade que ele produz e transmite na pele) , registrada em gráficos que são comparados com gráficos padrões e que indicam, assim, o estado de normalidade ou de alteração dos músculos e nervos do coração. Apesar de ser de execução muito simples, o eletrocardiograma é um exame muito importante em cardiologia, pois ele permite diagnosticar desde alterações simples até outras muito graves, como os infartos, crescimento de cavidades, arritmias, por exemplo.

Holter de 24 horas

O Eletrocardiograma de longa duração - Holter de 24 horas é um exame complementar que é utilizado para avaliar a presença de arritmias cardíacas (distúrbios do ritmo cardíaco) tanto para mais (taquiarritmias) como para menos (bradiarritmias), bem com irregularidades no ritmo (extrassístoles). Além disso pode colaborar na investigação de isquemia miocárdica - falta de oxigênio no músculo cardíaco (angina). Este exame é indicado quando o paciente apresenta palpitações, tonturas, desmaios, dor no peito, ou mesmo quando nada sente e o médico percebe alterações durante o exame clínico. É mais útil quando os sintomas ou alterações acontecem numa frequência maior, diária preferencialmente.

Como é realizado o exame?
O exame consiste na instalação de alguns eletrodos no peito do paciente, os quais são ligados a um pequeno gravador que fica fixo na cintura (cinto) do paciente. O paciente permanece com o aparelho por 24 horas e executa todas as atividades normais do dia-a-dia, para que realmente a gravação reproduza o seu cotidiano. O paciente receberá um diário para anotações dos sintomas para posterior correspondência ao traçado eletrocardiográfico obtido.

O que o exame informa?
- Presença arritmias cardíacas (acelaração, alentecimento, pausas, irregularidades)
- O estado do sistema excito-condutor do coração (sistema elétrico)
- Presença de isquemia miocárdica (angina)
- Variabilidade da freqüência cardíaca nas 24 horas (importante para o prognóstico de algumas cardiopatias)

O que você precisa informar?
- Converse com o seu médico sobre os medicamentos em uso, pois alguns podem interferir com o exame (antiarrítmicos, beta-bloqueadores, bloqueadores dos canais de cálcio). Alguns podem ser suspensos temporariamente antes do exame, outros não, sempre a critério do seu médico assistente (que pediu o exame). Enquanto estiver com o gravador, anote com precisão os horários das atividades mais relevantes e principalmente dos sintomas que apresentar.

Posso trabalhar normalmente após o exame?
Sim, respeitando os cuidados com o aparelho.

Existem riscos para realizar o exame?
Não. É um exame completamente passivo. O máximo que pode ocorrer é uma reação (vermelhidão) na pele onde foi colado os eletrodos.

Quais são os cuidados com o aparelho?
Não se deve bater, molhar, sujar ou deixar cair o aparelho. Evite puxar os cabos eletrodos também.

Quais são os cuidados antes do exame?
- Trazer um cinto ou uma cinta é fundamental para segurar o aparelho
- Mulheres: se possível usar duas peças (com cinto), evitar o vestido. A blusa deve ter a manga bem folgada ou bem curta (ideal camiseta de malha)
- O aparelho impossibilitará o banho corporal até sua retirada
- Deve tomar banho imediatamente antes do exame

Mapa de 24 Horas

O que é a Monitorização ambulatorial de pressão arterial - 24 horas (MAPA)
Trata-se de um exame útil tanto no diagnóstico e no acompanhamento da Hipertensão Arterial.
Ele é capaz de avaliar a pressão arterial de um paciente ao longo de 24 horas, com suas várias medidas realizadas neste período.
A pressão arterial varia constantemente por isto não podemos na maioria dos casos estabelecer o estágio de Hipertensão Arterial somente com as leituras da pressão arterial realizadas no consultório.
Aproximadamente 30 % das pessoas tem sua pressão elevada durante sua medidas realizadas no consultório médico, fato que pode gerar erros de diagnóstico e no tratamento.

Principais indicações:
Hipertensão de consultório – Hipertensão do jaleco branco
Hipertensão limítrofe;
hipertensão episódica;
Avaliação do efeito terapêutico anti-hipertensivo quando houver dúvidas do controle da pressão em 24h.
Sintomas sugestivos de hipotensão;
Suspeita de disfunção autonômica;
Episódios de síncope;

Como é realizado o exame?
É colocado no seu braço não dominante a uma braçadeira para medir pressão, igual aos de aparelhos comuns, ligadas à um compressor que fica preso em sua cintura realizando as medidas da pressão.

O que você precisa informar:
- Os medicamentos e sua dosagem que você faz uso.
- Também receberá um diário no qual você deverá preencher relatando as principais atividades e eventuais sintomas.

Posso trabalhar normalmente durante o período de exame?
Sim. Você não poderá molhar o aparelho e durante as medidas anunciadas durante o dia com um BIP, você deverá suspender sua atividade e deixar o braço apoiado sobre uma superfície para que fique na mesma altura do seu coração. Terminada a insuflação e desinflução do aparelho você poderá voltar às suas atividades.

Existem riscos para realizar o exame?
Não, ocasionalmente o paciente poderá sentir desconforto ou mesmo dor no braço.

Preparo do exame:
- O aparelho impossibilitará o banho corporal até sua retirada
- Roupas confortáveis
- Mulheres: se possível usar saia e blusa ou calça e blusa

Poligrafia Respiratória

O ronco e a apnéia do sono (interrupção da respiração) estão associados a aumento do risco cardiovascular levando à hipertensão arterial, arritmias cardíacas, infarto do miocárdio e derrame cerebral. Está também associada a sonolência excessiva, cansaço, fadiga, falta de energia. O diagnóstico é relativamente simples e pode ser feito na sua casa com a Poligrafia ambulatorial. A partir do diagnóstico o médico estabelece o caminho para o tratamento.

Teste Ergométrico

O que é Teste Ergométrico?

O teste ergométrico é um exame complementar de diagnóstico cardiológico feito com o paciente em uma esteira ou bicicleta ergométrica, para que sejam observados os comportamentos da frequência cardíaca e da pressão arterial durante os estados de repouso e esforço. Esse tipo de exame oferece dados sobre o funcionamento cardiovascular quando o coração é submetido a esforço físico de forma gradual e crescente e avalia o desempenho das reservas coronárias (capacidade dos vasos do coração aumentarem o fluxo sanguíneo conforme a intensidade do esforço).

Por que fazer o exame?

Por meio dele é possível diagnosticar avaliar a capacidade cardiorrespiratória e verificar a existência de enfermidades como arritmias, isquemia miocárdica e doença arterial coronariana (aterosclerose coronariana).
Como é realizado?

O primeiro passo é estabelecer o protocolo ideal de esforço para cada indivíduo, levando em conta dados como idade e limitações físicas. Em seguida, são colocados eletrodos no tórax do paciente para registro por meio de um eletrocardiograma (ECG). Depois, ele é levado à esteira ou bicicleta, iniciando-se o exercício com o protocolo escolhido. O paciente é monitorado durante o repouso e o esforço. O movimento começa lentamente e aos poucos a velocidade aumenta. Depois que o esforço máximo for alcançado, o movimento é progressivamente desacelerado para a fase de recuperação. O exame pode ser interrompido caso o paciente apresente grande cansaço ou exaustão.